Parábola do rato

Certo dia, um homem entrou numa loja de antiguidades e se deparou com uma belíssima estátua de um rato.

Deslumbrado com a beleza da obra de arte, ele correu ao balcão e perguntou ao vendedor:

- Quanto custa?

- A peça custa R$ 50 e a história do rato custa R$ 1.000.

- O quê? Você ficou maluco? Vou levar só a obra de arte.
Feliz e contente o homem saiu da loja com sua estátua debaixo do braço. À medida que ia andando, ele percebeu que inúmeros ratos e ratazanas saíam das lixeiras e bocas-de-lobo na rua e passavam a segui-lo.

Correndo desesperado, o homem foi até o cais do porto e atirou a peça com toda a sua força para o meio do oceano. Incrédulo, ele viu toda aquela horda de roedores se jogar atrás e morrer afogada.

Ainda sem forças, o homem voltou para o antiquário, entrou e o vendedor disse:

- Veio comprar a história do rato, não é?

O homem respondeu:

- Não, eu quero saber se você tem uma estátua da Dilma.

 

PS – Fiz este post pq recebi reclamações por eu ter feito ultimamente postagens de mulheres e afins. Acreditam? Devem ser aqueles que tem intolerância à nudez feminina, parcial e/ou total.

Comentários
2 Comentários

Outros blogs

2leep.com
 
Pedro Pedreiro © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, templates para blogspot, and jogos para pc