Dicas para não deixar seu casamento/namoro minguar

casal-financas-210108

Sou casado há pouco mais de 5 anos, porém convivemos juntos a 11.Muitas coisas se aprende no decorrer desse tempo todo. Outras surgiram observando e conversando com amigos que vivem ou viveram com uma mulher numa mesma casa. Vou compartilhar alguns com vocês, homens casados, homens solteiros que um dia serão casados, e mulheres que passam ou passarão por situações semelhantes com seus homens.

1 – Para os “ajuntados”, “amigados” - ASSUMA QUE ELA É SUA ESPOSA!

Quem mora numa mesma casa está casado. Uma rápida consulta ao dicionário pela palavra casamento : Contrato de união ou vínculo entre duas pessoas que institui deveres conjugais. União, associação, vínculo. Ou seja, tudo o que acontece quando você e sua guria decidem morar juntos. Simples, não? Não. Alguns homens resistem insistindo em classificar essa vida como um simples namoro, quando a evolução já está consumada. Lembrando que união entre duas pessoas que perdure acima de 1 ano já é considerada União Estável. A mulher pode também considerar isso um namoro, mas a partir do momento em que o homem assume e proclama a real, ela não só confirmará como fará isso com muito orgulho do marido, o homem de verdade que agora ela tem.

2 – Nunca divida a conta

Veja bem. Dividir a conta é prática de adolescentes que tem a grana contada da mesada. Depois de uma experiência única compartilhada por ambos, propor a divisão da conta é invalidar toda a importância do ritual. É escancarar a inexistência do compromisso, da cumplicidade entre o casal. Não importa se num dia o homem pagar a conta e a mulher fizer a mesma em outra ocasião. O que não pode acontecer é a imaturidade da divisão.

3 – Coma bem a sua mulher

A diminuição do desejo sexual e consequente queda na frequência e na qualidade das transas é um problema clássico nos relacionamentos. Um casal que não protagoniza relações sexuais gloriosas (leia-se: trepadas) é um casal sem poder suficiente para encarar o mundo à sua volta. Os motivos são os mais diversos, mas quase sempre estão associados em maior ou menor intensidade à rotina. A primeira providência é que os dois entendam e resolvam enfrentar isso juntos. É importante que a confiança do casal seja um dos motivadores da união. Para a rotina, procurar entender o que de extraordinário excita o casal: lugares inusitados, fantasias, brinquedos… sei lá. Mude isso já!

4 – Cuide bem de sua mente e corpo

Um homem que exercita sua mente e seu corpo é um homem forte que mostra claramente para a sua mulher que ela pode contar com ele para o que for preciso. Assim, evite comer, beber, fumar, bater punheta e usar drogas em excesso. Eu disse em excesso! Não se estresse se aquele seu amigo xarope que mora em São Paulo passa o dia te enchendo o saco via msn… Chegue relax em casa. Alimente-se bem, beba muita água, pratique algum esporte, aprenda a fazer pequenos consertos (mulheres gostam de homens que sabem consertar as coisas! Se ele te pedir pra trocar uma torneira e vc demorar mais de 10 minutos pra executar essa tarefa, o nível de “meu marido é foda” vai cair, e muito! Então, abre o olho e te aperfeiçoe no Instituto Universal Brasileiro!). Você não será um barrigudo cansado, sua auto-estima vai manter-se alta e sua mulher vai sentir orgulho e tesão por ti.

5 – Surpreenda-a

Um dos piores problemas de um casamento é a rotina. É muito comum que o casamento signifique o fim do romance, de todas aquelas estratégias e putarias utilizadas para a conquista. A mulher continua sendo uma mulher, e isso significa que ela continua precisando ser conquistada, paquerada, encoxada, acariciada e SURPREENDIDA. E isso pode ser feito com certa frequência e simplicidade: flores compradas ou roubadas na casa do vizinho, jantares preparados com as próprias mãos (no meu caso churrasco não serve, minha mulher é vegetariana…), levantar a tampa do vaso, canções recheadas de romantismo, declarações de amor em ambientes públicos, elogios sem hora marcada, ligações inesperadas só para dizer “eu te amo”. Tapa na bunda quando ela tá nos afazeres domésticos não adianta. São essas pequenas coisas que fazer gravar a importância de uma mulher na vida do seu homem.

6 – Não seja bichinha!

Viadagem nada tem a ver com homossexualidade e sim com a falta de habilidade de lidar com medos, preconceitos, etc. Muitas mulheres está com um homem para que, entre várias coisas, elas se sintam seguras. O homem precisa garantir que tudo esteja sob controle, mesmo que tudo esteja ruindo em volta, e enfrentar e resolver os problemas da melhor forma e mais rápido possível.

7 – Dedique o maior tempo possível para ela

Chegar em casa depois de 12 horas no trampo, e ainda ir direto pra frente do computador pra jogar PES 2010 é pedir pra morrer. Morrer lenta e dolorosamente. Mesmo que você esteja cansadão, esgotado, finja que tá ainda 100% e que quer passar o restante das horas que faltam para pessoas normais irem dormir, deitadinho com ela. Assista a novela se for preciso. Ouça tudo o que ela tem pra te contar sobre o dia dela, sobre o que seu filho fez, aprendeu, destruiu, riscou, perdeu. Conta pontos, acredite.

8 – Dê ouvidos a ela

Mesmo que você ache que o problema que ela te relatou não tenha solução, NUNCA diga isso pra ela. Sempre tem um jeito de piorar resolver. Se na cabeça dela, você tá tranquilo e certo de que acharão uma saída, a chance dela acreditar nisso é 99,9%. O que já faz com que ela se anime, e que a maioria dos problemas se resolvam por si só.

9 – Seja totalmente honesto

Transparência é tudo. Mesmo que pareça pra você que ela é doente de ciúme, que desconfia até da sua sombra, coisas simples como deixar ela ver seu msn, seu twitter, orkut e o diabo a quatro, ajudam muito. Já fiz essa experiência. Com o tempo ela esquece e pára com essas chatices.

Comprovado cientificamente que a internet é responsável pela maioria dos motivos entre brigas conjugais.

Bom, é isso.

Comentários
0 Comentários

Outros blogs

2leep.com
 
Pedro Pedreiro © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, templates para blogspot, and jogos para pc