Aqui jaz minha esperança…

071102_f_004

Nunca gostei de política. Aliás, odeio. Até o dia em que por motivos profissionais tive que subir no trem e me envolver na marra. Não vem ao caso explicar qual meu papel nesse pleito, porém, algumas coisas realmente me surpreenderam. Aprendi muito. Minha esperança renasceu em alguns aspectos. Tem gente boa aí, garanto pra vocês.

Mas enfim, quero falar do outro lado da moeda. O Ibope, Data Folha, Vox Populi e afins mostram 24 pontos da candidata Dilma Roussef nas pesquisas. O que me espanta é que ninguém perguntou pra mim sobre quem eu voto. Nem pro Pedro. Nem pra Cris, nem pro Diego, nem pro seu e o meu vizinho e garanto que nem pra você leitor. Cai por terra qualquer credibilidade que eu poderia ter sobre esses institutos de pesquisa.

Não to fazendo lobby pra candidato algum. Mas com certeza afirmo que essa senhora aí que dizem estar a frente nas pesquisas vai ser um baita tiro no pé, ah vai! Dilma é uma articuladora. Ela articula em tudo. Em compensação, vive numa carência afetiva muito forte. Porque sendo a mamãe malvada do governo, ninguém gosta dela. Dilma nunca foi eleita em nada a não ser como parceira do nosso presidente Lulinha, e é claro, como favorita pelos pobres e torcedores do Corinthians. Dizem que Dilma fez pacto com o capeta e se assumir a presidência vai bota todo mundo pra conversa com ele. Espera só pra ver onde a gente vai parar. De novo.

Na sua época de jovem, Dilma se engajava como guerrilheira comunista. Ficou três anos detida, torturada num presidio Militar que dózinha dela. Ninguém esconde que ela é a menina dos olhos do nosso presidente. Até por motivos óbvios. Devido ao uso indiscriminado de Bolsa Família, Bolsa Escola, Bolsa o diabo a quatro, a popularidade de Lula não para de subir, e essa popularidade dá a ele o poder de eleger um poste como seu sucessor.

Em Copenhague, a ministra Dilma disse que: "O meio ambiente é uma ameaça ao desenvolvimento sustentável" e completou: "e isso significa que é uma ameaça ao desenvolvimento do planeta e de nossos países". E não é que é verdade? Esse mato todo e esse monte de bichos só atrapalham as obras do PAC: plantações de soja, as criações de gado, a cana de açúcar, o milho e outras culturas.

Eu hoje tenho medo. Aliás, tenho vergonha, porque a roubalheira tá aí pra todo mundo ver, mas é mais cômodo pensar que isso não nos atinge. Porque hoje qualquer pobretão (maneira de falar) pode comprar um carro de 50 mil reais tendo uma renda de 900 reais. Hoje “nossas casa tão cheio de eletruduméstico, televisão de lédi, celular da moda”. O salário mínimo aumentou né?

A culpa é minha. É sua. É de todos. Porque não me entra na cabeça um povo que tomanocu se lesca todo dia e ainda fica abaixando as calças pra gente corrupta. E segue o lema do curingão né: “Rouba pra caralho mas pelo menos faz!”.

Ê meu Brasil véio!

Comentários
0 Comentários

Outros blogs

2leep.com
 
Pedro Pedreiro © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, templates para blogspot, and jogos para pc