Adquirindo um fiél amigo

rottweiler

Muitos ao me verem na rua passeando com Lunna, minha Rottweiler se admiram com o porte e a aparência saudável que ela mostra, e as várias perguntas são inevitáveis. Como por exemplo, se é muito difícil de sustentar um bicho desse tamanho, se é agressiva, se ela convive bem com crianças e tal. Sempre fui um apaixonado por cães, o que herdei de meu pai, e já os crio a alguns anos, então a minha modesta experiência me faz deixar aqui algumas dicas que acho relevantes quando se decide adquirir um animal de estimação, em especial o Rottweiler.

Antes de adquirir um filhote de qualquer cão, é preciso saber se estamos preparados para ele e dispostos a investir o tempo, cuidado e custo que ele precisa. É bom estar ciente que você estará assumindo o compromisso de cuidar de uma vida que dependerá exclusivamente de você pelos próximos 10 a 14 anos. Muitos cães, mesmo de raça, são abandonados nas ruas ou em abrigos, porque seus donos não pensaram bem antes de comprá-los, não souberam como educá-los e tratá-los, ou não souberam as características específicas daquela raça antes de adquirí-la. Agir por modismo ou impulso é um erro grave. Muitos donos acabam abandonando ou doando seus cães só porque aquele filhote, lindo e irresistível, tem um monte de características que o dono não gosta, ou porque quando compraram o filhote não levaram em conta que em 4 ou 5 anos talvez se mudassem para uma apartamento...

66292795_1-Imagens-de-Vendo-lindissimos-filhotes-de-ROTTWEILER Então, estude a raça, seu padrão e suas características para que se possa comprar com consciência. Escuto com frequência das pessoas: "meu cachorro cresceu demais, não sei o que fazer!". Como assim cresceu demais ?!?! Você não conhece a raça? Nunca tinha visto um adulto? Não viu a mãe ou outros exemplares do criador? Não perguntou ao criador quanto ele come por dia? É claro que a resposta é sim, mas ... "eu queria taaaanto ...." . Sinto muito, não basta querer um cão, tem que saber se é viável tê-lo.

O Rottweiler é um cão de temperamento forte, autoconfiante, extremamente apegado aos donos. Ele necessita de contato com a família. E necessita de espaço adequado e tempo para se exercitar e educação e treinamento para aprender a se comportar corretamente. Um Rottweiler não foi feito para passar o dia todo largado no quintal, muito menos amarrado ou preso no canil, para "tomar conta da casa". Ele necessita de carinho e atenção. Mesmo vivendo em um espaço menor, se houver carinho e dedicação por parte da família que o adotou, um bom passeio diário e brincadeiras com os donos, seu acúmulo de energia será usado. Se você só quer segurança, compre um sistema de alarmes, vai ser mais barato a longo prazo.

Uma vez se decidido pela raça, e com condições físicas, financeiras e temporais para adquirir um Rottweiler, é hora de procurar um criador e um filhote.

As exposições de cães, principalmente as especializadas da raça, são bons lugares para se encontrar criadores, e possibilitam que se avalie os cães que o criador apresenta no evento. Hoje em dia a internet também ajuda muito, pois os clubes especializados têm sites e podem indicar criadores de confiança em seus estados. Diferenciar criadores sérios de "fabricantes de cães" nem sempre é fácil, afinal, muitas vezes os interesseiros parecem mais simpáticos e acessíveis que os bons criadores.

NÃO ABANDONE SEU CÃO. O SEU CÃO NUNCA ABANDONARIA VOCÊ.

Comentários
0 Comentários

Outros blogs

2leep.com
 
Pedro Pedreiro © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, templates para blogspot, and jogos para pc