Escola é acusada de trocar professoras antigas por jovens com seios grandes

Finalmente uma boa escola na qual, eu teria orgulho de levar e buscar meus filhos todos os dias, mesmo que eu não tenha filhos.

Segundo comissão, demissões mostram discriminação contra mais velhos.
Caso ocorreu em escola privada em Fort Lauderdale, no estado da Flórida.

scarlett

 

Uma escola privada em Fort Lauderdale, no estado da Flórida (EUA), está sendo acusada de demitir as professoras mais velhas e substituí-las por mulheres jovens com seios grandes, segundo o jornal americano "Sun-Sentinel".
O reverendo William Brooks, de 58 anos, diretor da escola "St. Mark's", foi acusado pelas professoras demitidas Julie Calzone, de 58 anos, Cathleen Fischer, de 59, Carol A. McMahon, de 63, e Susan Woods, de 59, de discriminação etária.

A Comissão para a Igualdade de Oportunidades de Emprego Norte-Americana (EEOC) destacou que as decisões do diretor mostram uma discriminação contra os indivíduos mais velhos. Mas a escola argumentou que as demissões foram feitas com base no desempenho.
Além das quatro professoras que denunciaram o tratamento discriminatório, a EEOC está analisando os casos de outras 12 professoras que foram demitidas pela escola, mas que não apresentaram queixas, para ver se a idade pode ter sido um fator para as demissões.

 

 

       Eu só faço mais um ultimo comentário, esse mundo de discriminação onde mulheres não podem ter, Peitos grandes e firmes, bundas empinadas e lábios carnudos , creio que vivemos em um mundo em que meus filhos não poderão dizer:

Filho hipotético :“Pai, Eu preciso que você vá a reunião na escola”

Pedro do Futuro: “Claro, Meu filho hipotético eu adoraria ir e acompanhar os seus estudos”

eu sinto pena dessas pobres professoras, novas, bonitas , atraentes, sexualmente ativas e peitudas.

 

 

via

Comentários
0 Comentários

Outros blogs

2leep.com
 
Pedro Pedreiro © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, templates para blogspot, and jogos para pc